• Vereador Camilo Cristófaro

Você sabe o que é DPVAT?





DPVAT é um seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, criado em 1974, com o objetivo de dar apoio para as vítimas de acidentes de trânsito e seus respectivos familiares.


O seguro indeniza as vítimas em caso de invalidez ou morte e reembolsa eventuais despesas médicas.


A taxa DPVT é cobrada anualmente junto à primeira parcela ou cota única do Imposto Sobre a propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e vale para qualquer acidente de trânsito ocasionado por veículo automotor de via terrestre (carro de passeio, motocicleta, caminho, ônibus, micro-ônibus ou trator) ou por suas cargas.


O seguro oferece amparo às vítimas, independente dos motivos do acidente, é disponibilizado em três situações:

  1. mortes,

  2. invalidez permanente e

  3. despesas médico-hospitalares.


O DPVAT não cobre prejuízos materiais como roubo, furto, incêndio ou colisão ocorridos com o veículo, tampouco despesas judiciais gastas pelos envolvidos no acidente.

No caso de uma colisão de dois veículos que atinja um pedestre, todos os passageiros dos dois veículos e o pedestre têm direito à indenização separadamente, desde que tenham se machucado e se enquadrem em algum dos tipos de cobertura do seguro DPVAT.


Em caso de óbito e despesas médicas, o serviço do seguro ser solicitado até três anos após a data da ocorrência do acidente.


Já a vítima de invalidez, tem o prazo de até três anos para encaminhar o pedido de indenização a partir do momento da descoberta da invalidez.


Segundo o Detran, o órgão responsável pelo DPVAT é a Seguradora Líber, que oferece mais de oito mil pontos de atendimento autorizados.


Para dar entrada ao pedido de indenização para todas as coberturas é necessária a apresentação do RG e Boletim de Ocorrência (B.O. ). A apresentação de outros documentos depende do tipo de cobertura pleiteada, consulte a lista completa de documentos por coberturas no site da Segurado Líder, através desse link https://www.seguradoralider.com.br/Seguro-DPVAT/Como-Pedir-Indenizacao


O pagamento da indenização é feito em conta corrente ou poupança da vítima ou de seus beneficiários em até 30 dias após a apresentação de toda a documentação necessária, o. Se houver alguma pendência, o prazo será recontado a partir da data em que a pendência for solucionada.


Em casos de invalidez permanente e despesas médico-hospitalares, o próprio acidentado recebe a indenização.


Em casos de morte, quem recebe o seguro são os herdeiros legais da vítima.



Valores das indenizações


Nos casos que envolvam morte, o valor é de R$ 13.500,00 (treze mil e quinhentos reais).

Casos de invalidez permanente, são indenizados no valor é de até R$ 13.500,00 (treze mil e quinhentos reais), conforme a intensidade e lesão no corpo da vítima, com base em tabela prevista na lei.

Despesas médicas e hospitalares são reembolsadas em até R$ 2.700,00 (dois mil e setecentos reais), independente dos valores gastos pela vítima em seu tratamento.

(mês de referência da tabela de valores: setembro/2019)

0 visualização
FALE COMIGO

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

PALÁCIO ANCHIETA

Viaduto Jacareí, 100 - 4° andar, Sala 404

São Paulo, SP - 01319-900

​​WhatsApp: (11) 9860-40400

vereadorcamilocristofaroficial@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter