Trânsito - as faixas reversíveis serão reativadas a partir de segunda feira 23/08


1) O que é faixa reversível? É uma medida de engenharia de tráfego utilizada na cidade de São Paulo desde 1986 para aumentar a capacidade de fluxo das vias. Consiste na inversão do sentido de circulação de faixas de rolamento para atender o sentido de maior demanda de tráfego.

2) Como funciona?

Uma ou mais faixas de rolamento têm seu sentido de circulação (mão de direção) invertido apenas em determinados períodos, normalmente nos horários de pico da manhã e da tarde.

3) Qual é a extensão das faixas?


Juntas, as faixas reversíveis atingem uma extensão de quase 40 quilômetros.


4) Como é o preparo das equipes envolvidas?


As equipes envolvidas na operação de montagem e desmontagem das faixas reversíveis são previamente treinadas para desenvolver a atividade. Os procedimentos operacionais aplicados são revisados sempre que necessário e visam garantir a segurança dos agentes e usuários da via.


5) O que a CET tem feito para melhorar essa operação?


Em outubro de 2007, a CET adquiriu três furgões Sprinter que foram previamente adaptados para serem utilizados na atividade de montagem e desmontagem das faixas reversíveis de longa extensão.

A aquisição desses veículos faz parte de uma série de ações de melhoria que a CET vem adotando na operação, entre as quais: adoção de Procedimentos Operacionais Padrão, com regras para manuseio dos materiais; sistema de revezamento dos agentes na distribuição dos cones na via; disposição do material na viatura; veículo de proteção para cada viatura com material de canalização; bloqueios em pontos específicos a fim de garantir a segurança das equipes na desativação das faixas, além da especificação de materiais de canalização, que levou à padronização e aquisição de cones mais leves e flexíveis.


6) Quais são os resultados da implantação das faixas reversíveis?


A implantação das faixas reversíveis é uma medida de engenharia de tráfego importante para a redução dos congestionamentos na cidade de São Paulo. Estudo da CET aponta que a faixa reversível da Avenida Radial Leste diminui a lentidão na via em 18 km no pico da manhã, enquanto que no pico da tarde a redução é de 7,5 km, contribuindo para a fluidez do tráfego em corredores estratégicos da cidade como: Rua da Consolação, avenidas Rebouças, Paulista, Dr. Arnaldo, Francisco Matarazzo e Elevado Costa e Silva.



Fonte: http://www.cetsp.com.br/consultas/seguranca-e-mobilidade/o-que-sao-faixas-reversiveis.aspx

16 visualizações0 comentário