Licenciamento 2022: Detran-SP divulga cronograma e valores

As datas foram estabelecidas com base no final da placa dos veículos, porém com início a partir de julho


O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) divulgou o calendário 2022 do licenciamento anual obrigatório.


As datas foram estabelecidas com base no final da placa dos veículos, porém com início a partir de julho (veja a tabela abaixo).


A falta de licenciamento é considerada uma infração gravíssima e pode acarretar uma série de problemas para o condutor, como remoção do veículo ao pátio, multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).


Em 2022, o valor da taxa para licenciar veículos usados é de R$ 144,86, independentemente do calendário de vencimento. O ajuste da taxa é realizado com base na divulgação da Coordenação da Administração Tributária do Estado de São Paulo, considerando que o valor da UFESP (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo) possui um aumento anual.

Assim como em 2021, não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT em 2022, conforme decisão do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP).


Como Licenciar?


Para licenciar o veículo é preciso informar o número do Renavam e pagar via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico, os débitos do veículo, como por exemplo: IPVA, possíveis multas exigíveis e a taxa de licenciamento.


O pagamento poderá ser feito via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico nos bancos conveniados (Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Safra, Itaú, Caixa Econômica Federal) e nas Lotéricas.


O documento digital fica disponível para download e impressão no item ‘Licenciamento Digital’ nos portais do Poupatempo, Detran-SP e Senatran, além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran-SP e Carteira Digital de Trânsito – CDT. O motorista poderá imprimir em papel sulfite comum (A4-branca).


Licenciamento antecipado


Segundo o Detran-SP, a partir de 3 de janeiro de 2022, os motoristas já podem realizar o licenciamento antecipado. A providência é para todos os veículos, independentemente do final de placa.


O serviço é oferecido pela própria autarquia para facilitar o pagamento do licenciamento junto com o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor), que poderá ser quitado em cota única, com desconto, ou parcelado, conforme vencimento definido pela Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo.


Quem não optar por essa modalidade, poderá aguardar o calendário de licenciamento anual, de acordo com o final da placa.


Veja abaixo o calendário de licenciamento do Estado de São Paulo para veículos de passageiros, ônibus, reboque e semirreboque:




Confira as datas de licenciamento para veículos registrados como caminhão ou caminhão-trator:




Fonte: motorshow.com.br

Por Mauro Balhessa



124 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo